Duan wu jie – festival oriental de maio

“端午節” pronuncia-se “Duan wu jie”. É um dos festivais importantes na China, Hong Kong, Taiwan, Coreia do sul e Macau. É comemorado no dia 5 de maio seguindo-se o calendário lunar. Há varias lendas sobre a origem deste dia. Seguem-se abaixo as três mais faladas nos dias de hoje.

A palavra “Duan” significa “início” ; “wu” significa “cinco”e “Jie” significa “dia comemorativo (festival)”. Por isso “Duan wu jie” é traduzido como “o festival do início de maio ”.

Maio (calendário Lunar) não é um mês bom para os chineses, porque antigamente no sul da china era um período favorável às doenças e por isso era considerado um mês de má sorte.

O festival “Duan wu jie” foi estabelecido nesta data por causa da morte do poeta “qyu yue”, que se suicidou no rio “mi lo” pela tentativa frustrada em aconselhar o rei (a.C.278). A segunda lenda diz que: “Duan wu jie” é para lembrar de “Wu Zi Xyu”, um importante ministro da dinastia Wu (a.C.585). A terceira lenda diz que: antigamente o povo da região sul da China acreditava que era descendente do dragão (Deus do rio). Por isso, o povo daquela região embrulhava arroz em folhas de bambu ou enchia o próprio bambu de arroz, e os jogava no rio. Também visitavam os parentes e amigos em barcos com formato de dragão e de vez em quando realizavam competições de remo. Nos dias de hoje, competir com barcos com formato de dragão e comer o arroz embrulhado em folhas de bambu, são atividades essenciais deste festival.

veja mais imagens neste link

Texto fornecido por Wun Ching Kuei – Professor de língua chinesa (tel. 3744-4125)

Ano novo chinês do tigre 2010

Xin Nian Kuai Le!!
Feliz ano novo chinês para todos!!

Neste dia 14 de fevereiro se inicia mais um novo ano chinês.
O ano novo chinês sempre começa em um dia diferente em relação ao calendário adotado mundialmente, pois ao invés de seguir os ciclos solares, ele se baseia nos ciclos lunares para fazer a marcação de tempo. Justamente por essa razão, o ano novo chinês também é chamado de ano lunar.

Cada ciclo é em homenagem a um dos 12 animal do zodíaco chinês, este é o ano do Tigre. Ironia do destino, neste dia também é celebrado o carnaval e o Valentine’s day (o dia dos namorados mundial). O que esperar deste ano?

Se o ano espelha o seu animal símbolo, podemos esperar um ano cheio de fortes emoções e com a grandiosidade do símbolo que o Tigre representa para a cultura chinesa. Será um ano de muita impulsividade e velocidade. Isso significa que vai ser um bom ano?

Segundo a alguns sites, vai ser um péssimo ano para se casar… Que os chineses acreditam que o casal pode passar por uma serie de dificuldade terríveis que prefiro não mencionar neste site, mas se estiver com curiosidade de saber, os links estão no final Continue reading

St. Valentine’s Day – Dia dos Namorados oriental

No dia 14 de fevereiro é comemorado o dia de São Valentim (St. Valentine’s Day), o dia dos namorados comemorado pela maioria dos países, com exceção do Brasil, que comemora no dia 12 de junho, dia de Santo Antonio, o santo casamenteiro.

Diz a lenda, que São Valentim era um padre que viveu no século III. Na época, com o intuito de não atrapalhar o rendimento dos soldados nas batalhas, o imperador romano Claudio II proibia os militares de casar. No entanto, Valentim desobedecia essa ordem e casava escondido, os jovens apaixonados. Ao ser descoberto, é condenado a morte no dia 14 de fevereiro, mas se tornou um mártir para todos os apaixonados.

Anos depois, a Igreja Católica, o consagra São Valentim como um santo. Se aproveitando da lenda e da proximidade do dia dos festejos do dia de celebração a Deusa romana Juno (familia e casamento) e Pan (natureza) na qual era comemorado a festa da fertilidade, o dia 14 de fevereiro passa a se tornar o dia dos apaixonados.

O Valentine’s Day começa a ser comemorado no Japão por influencia da cultura americana, mas dizem os mais céticos, que as comemorações começaram devido a influencia de uma fabrica de doce. Verdade ou não, a celebração Continue reading

Ano novo diferente! Templo Zu Lai

Feliz Ano Novo de 2010 para todos os visitantes do asia4net!!
Se a crença de que as primeiras ações do ano, refletem como vai ser o restante dos dias… Então podemos dizer que este ano, promete muitas surpresas e vai ser repleta de novidades!

templo Zu Lai - noite e lanternasVamos começar a ano, escrevendo como foi nossa aventura de ano novo, cheia de experiências exóticas e diferentes!
Tudo começou, quando resolvemos fazer o artigo Templo Zu Lai – cerimônia de ano novo, na qual descobrimos que existia este evento de ano novo no Templo Zu Lai, e que esta é uma das raras oportunidades de se poder visitar o templo de noite, já que o horário de funcionamento é normalmente de tarde.

Foi uma experiência muito agradável poder visitar o templo ao entardecer, juntamente com meu colega de equipe, o webmarter4net e mais uma amiga! Tomar o chá de jasmim e passear pelos Continue reading

Pelmeni – o guioza siberiano

cozinha oriental

Depois de ler o artigo da Stellapok sobre o guioza em diferentes cultura (japonesa, chinesa e coreana), encontrei mais uma variação de guioza, mandu ou jiaozi! A iguaria se chama Pelmeni, um prato típico da culinária russa.

Ironicamente, encontrei esse prato e sua interligação como o guioza, lendo um mangá chamado “Nodame Cantabile”, na qual um estudante chinês se delicia com o quitute, falando como os guiozas siberianos são gostosos! Para em seguida, ser corrigido por sua amiga e cozinheira russa, reclamando que não são guiozas, mas na verdade pelmenis!

Instigado pela curiosidade, comecei a pesquisar sobre este prato. Infelizmente no Brasil ou em Portugal, a culinária russa não é muito Continue reading

A Lenda do Momotaro San

Momotaro - menino pessego

A Lenda do Menino Pêssego

Fotografia: barto

Estátua de Momotaro - foto de Barto

Há muitos e muitos anos atrás, em uma pequena e distante Villa, havia um casal de velhinhos que por não poderem ter tido filhos viviam muito sós. Em dia comum, fazendo seus afazeres, o homem juntando lenha e a sua esposa lavando as roupas na correnteza no rio…avistaram um enorme pêssego boiando nas margens. Depressa pegaram aquela fruta que parecia deliciosa , e a levou montanha acima até chegarem em suas casas.

No fim do dia, ao ver aquela apetitosa fruta o marido pediu a mulher que o cortasse, muito alegre a esposa o obedeceu, buscou um facão e quando foi cortá-lo, um enorme susto, o pêssego começou a se mover e de repente um menino forte e bonito saiu de dentro do pêssego.

Ainda sem entender e já que não possuíam filhos, agradeceram aos Deuses e adotaram o menino como se fosse seu próprio filho por acreditarem que a aparição era um presente dos céus. Devido a forma de sua aparição, colocaram o nome de Momotaro, menino pêssego. O casal cuidou dele Continue reading

Carne de Cachorro

À primeira impressão, o fato de ingerir carne de cachorro pode parecer algo repugnante aos olhos dos ocidentais. No entanto, podemos dizer que se trata de um pré-conceito e de choque cultural, já que o cachorro é considerado pela maioria das etnias “o melhor amigo do homem”.

Afinal qual é a origem desta historia? Segundo estudos do Royal Institute of Tecnology, em Estocolmo, em parceria com uma equipe de cientistas chineses, o cão doméstico apareceu há 16000 anos no Extremo Oriente, e a idéia inicial era a domesticação para o uso culinário, igualmente aos porcos, galinhas e etc. Além disso, na China, na Dinastia de Qin (221-24 A.C), os utilizavam em antigos rituais de fins terapêuticos, segundo manual médico de 1578 – “Bencao Gagmu”, o cão era descrito como alimento que fazia muito bem Continue reading

Teru Teru Bozu – simpatia contra chuva

Neste tempo chuvoso de São Paulo e com a esperança de poder aproveitar melhor os finais de semana…
Lembro de uma simpatia muito difundida dentro da colônia japonesa, principalmente quando realmente precisamos de um bom tempo sem chuvas para poder fazer atividades ao ar livre, como churrascos, pescarias ou “undokais”.

Alguém ligado mais as tradições sempre fazia um teru teru bozo, um simples bonequinho branco, feito de papel ou pano. Para ser sincero, nem sempre fazia parar de chover… Talvez pelo fato, desses “experts de tradição” nunca conseguirem fazer o amuleto com o devido respeito ou da maneira certa! (nota: nunca é recomendável fazer um amuleto errado… Pode causar efeitos colaterais piores do que trocar o sal pelo açúcar em um receita… Se não souber como fazer é melhor não fazer… uahaha)

HISTÓRICO
Como todos os tipos de lendas, sua origem é um tanto incerta. Alguns dizem que tem relação com a lenda chinesa de uma garota que varria as nuvens… Mas acredito mais na lenda japonesa que conta a história de um monge budista que ajudava os agricultores. Ele realizava preces que paravam as fortes chuvas que prejudicavam as plantações. Infelizmente no final da história, o monge falhou em parar a chuva… Como castigo, teve sua cabeça decepada.

Acredito mais nessa lenda, pois está muito Continue reading

Blogsfera – links orientais interessantes

Curiosidade: celular japonês para pais cuidadosos…
http://zumo.uol.com.br/2009/11/08/gadget-do-dia-celular-infantil-kyocera-mamorino/

Sugestão de lazer: Chopp, Karaokê e muita liberdade visual
http://colunistas.ig.com.br/idaevolta/2009/11/05/chopp-karaoke-e-muita-liberdade-visual/

Gongo Online
http://www.dickbird.org/08_pages/gong/index.html

Comédia-video: Método ancestral oriental de construir celular
http://www.procurandovagas.org/conhea-o-processo-de-criao-de-um-celular/